Escolha uma Página
Valda Prata

Valda Prata

Protetora dos Animais

Funcionária pública e protetora dos animais nas horas vagas. Presidente da FAUNA (Francisco de Assis União Protetora dos Animais) de São José do Rio Preto/SP.

Fábrica de Filhotes

Vai comprar um filhote? Você precisa ter consciência de algumas coisas antes.

 

Fábrica de filhotes

 

Inicialmente, preciso deixar claro que não condeno quem quer ter um cachorro de raça, contanto que saiba a procedência. Explico.

 

Infelizmente, grande parte das pessoas ainda enxerga os animais como coisa, como produto. Por isso são vendidos, trocados, descartados.

 

Aquele que compra um animal em feiras de filhotes ou pet shop muitas vezes não tem consciência de sua origem. Não sabem que existem criadouros de animais que são verdadeiras fábricas de filhotes que lucram com o sofrimento destes animais. Geralmente são criadores clandestinos que colocam os animais criarem sem qualquer tipo de cuidado veterinário ou espaço.

 

As fêmeas são chamadas de “matrizes” e muitas vezes passam a vida em gaiolas, sem nenhum cuidado e muito menos carinho e atenção. Elas tem que dar cria em todos os cios e quando ficam velhas são abandonadas ou sacrificadas. E como não cuidam da saúde destas “matrizes” e muitas vezes os cruzamentos são entre parentes, nascem filhotes com problemas que, se não conseguem ser vendidos, são abandonados também.

 

Nestas “fábricas de filhotes” o objetivo é o lucro. Sem fiscalização, este comércio frequentemente explora os animais de forma cruel. Os animais são mercadoria, produto. Assim, veterinário e ração boa são gastos que precisam ser cortados para aumentar o lucro. Os filhotes só precisam ser bonitos para conseguir um comprador. Estas pessoas estão longe de entender que animais são seres sensíveis que, como nós, também sentem amor, tristeza, alegria etc.

 

Fabricantes de animais não gostam de animais, gostam do lucro que eles dão. Tem também os criadores de fundo de quintal. Pessoas que compram animais e depois deixam dar cria para vender os filhotes, para lucrar um pouquinho. Ainda aqui a ideia de que são produtos.

 

Criador clandestino de filhotes - maus tratos

 

Não é errado querer ter um cão ou gato de raça. Errado é comprar sem verificar a procedência. Com certeza, a maioria vem de criadores clandestinos, verdadeiras fábricas de filhotes. São raríssimos os criadores sérios que tratam seus animais com respeito. Claro que ainda o vêem como mercadoria e por isso, como o gasto da manutenção é maior, o preço dos filhotes será mais caro.

 

Considere adotar um animal abandonado. Tem tantos por aí. Você pode mudar a vida de um animal carente! Muitas pessoas querem de raça apenas porque acham que “dá status” e outras, ainda, por moda. Sabemos que quando saiu o filme “101 dálmatas” foi uma febre de querer dálmatas e muitos depois foram abandonados. Depois com “Marley e eu” foi a vez dos labradores.

 

Mas, se você quer mesmo um animal de raça procure por um criador sério e pague por isso. Pergunte se pode conhecer o canil. Desconfie da venda de filhotes muito novinhos. Criadores sérios respeitam o tempo de desmame e entregam os filhotes socializados e castrados porque não querem que virem “matrizes”.

 

Não condeno quem quer ter um cachorro de raça, contanto que saiba a procedência e não esteja ajudando a manter esta crueldade que são as “fábricas de filhotes”. Não alimente esta indústria cruel!

 

FONTES: G1.

Pin It on Pinterest

Conteúdo VIP!

Conteúdo VIP!

Coloque seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog.

 

Não se preocupe, jamais enviarei spam.

Você foi inscrito com sucesso!